Como saber se você está escolhendo o carro certo?

Antes de comprar, o consumidor precisa levar em consideração uma série de fatores até escolher o carro certo. Carros são máquinas, e cada uma possui uma dirigibilidade, capacidade de passageiros e cargas, composição mecânica e custo operacional, por isso, escolher o veículo errado pode causar alguns desconfortos ou até perda de dinheiro.

 

Para você não errar na hora de fechar negócio, separamos algumas recomendações para te ajudar a escolher a melhor opção de acordo com as suas necessidades e limitações.

1. Pense na família e nos planos que tem para ela

A função primordial de um carro é transporte, portanto, se ele não se adequa nesse primeiro quesito e não suporta todos os membros da sua família, provavelmente a escolha não será a mais prática. É preciso pensar na locomoção e no conforto que o carro pode oferecer para todos, assim, ninguém fica desconfortável ou sem lugar no carro.

 

É preciso pensar no planejamento familiar também Muitas vezes, a chegada de um filho, a adoção de um cachorro ou até a saída de algum membro da família (como um filho que vai para a faculdade) tem peso na escolha do carro certo. Pense na sua família como ela está agora e como ela estará durante o período em que pretende ficar com o carro.

2. Faça as contas

Errar na conta dos custos operacionais é algo perigoso. É preciso pensar no consumo de combustível, nos custos de manutenção, nos impostos e no seguro. Todos esses gastos fazem parte de ter um carro, por isso, não compre sem estimar valores. Isso vale para o próprio pagamento do veículo, a inadimplência pode levar à alienação do automóvel!

 

 

3. Conheça as diferenças entre os carros e se informe sobre modelos

Sedan, hatch, SUV, caminhonete, conversível, coupé…Existem várias categorias de carros no mercado automotivo para segmentar os carros de acordo com suas características. Escolher uma categoria já é um belo avanço para chegar à escolha certa, mas é importante também conhecer modelos e marcas diferentes, pois cada um deles tem recursos e inovações próprias. Caso você tenha dúvidas, nós temos um artigo falando sobre isso!

4. Pesquisa faz bem para o bolso

Está avançado na busca e falta escolher entre os modelos selecionados? Agora é a hora de aprofundar a pesquisa. Procurar informações em sites especializados, vídeos e comentários de outros proprietários é uma forma de conhecer a fundo o carro, identificar os pontos fortes e também as dificuldades que os proprietários têm. Que normalmente, são “esquecidas” pelos vendedores. Dessa forma você consegue saber melhor como é ter o carro, pela percepção de quem já comprou e usou.

5. Não compre de olhos fechados

Teste o carro, uma voltinha ajuda o motorista e descobrir coisas boas e ruins de um veículo além desses detalhes técnicos. O “entrosamento” entre o condutor e a máquina é algo íntimo e a sua decisão pode ser influenciada pela experiência ao volante. E com uma compra importante como  um veículo, é importante ter o máximo de segurança de que está fazendo um bom negócio.

 

Ao seguir essas dicas básicas, suas chances de errar na escolha do carro diminuem bastante. Pensar um pouco no futuro e no seu bolso e gastar um tempo concentrando informações sobre os carros que deseja são procedimentos recomendáveis para quem quer fugir de um mau negócio e transformar o momento da compra do carro em algo prazeroso e sem surpresas desagradáveis!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *