Aprenda a cuidar do banco de couro do seu carro com essas dicas!!

Não é difícil encontrarmos condutores que acreditam que os bancos de couro, por serem relativamente mais resistentes, exigem menos cuidados que os tecidos tradicionais. Porém isso é um engano!

Se o motorista não tomar cuidado, o couro pode acabar sendo danificado, rachando e desbotando com o passar do tempo. E esteticamente falando ninguém quer que isso aconteça com os bancos do carro!

No post abaixo você poderá conferir algumas dicas simples e práticas para limpar e hidratar o couro dos bancos, garantindo que a aparência fique com um bom aspecto por mais tempo. Confira:

Limpeza

A camada de sujeira formada por alimentos que caíram nos bancos, suor e até a tintura das roupas precisa ser removida por completo. Pode-se usar uma esponja macia aliada a um detergente neutro diluído em água. Uma escova pequena pode ser usada de maneira leve nas partes da costura onde a sujeira é mais resistente. Atente-se para não danificar o couro. Para secar, use um pano.

Caso a sujeira seja muito pesada, a melhor alternativa é buscar um profissional que faça esse tipo de limpeza específica. Nunca use produtos abrasivos. Eles podem provocar danos permanentes no couro.

Hidratação

A hidratação do couro dos bancos pode e deve ser feita após a limpeza. Os hidrantes líquidos são muito usados já que apresentam uma capacidade de penetração maior no couro.

O excesso pode ser retirado cerca de 40 minutos após a aplicação. Quanto mais tempo o hidratante ficar no couro, mais aveludado será o resultado.

Qual hidratante deve ser usado

De acordo com especialistas, quanto mais refinado for o hidratante, melhor será para o couro, uma vez que a absorção será maior.

É importante atentar-se ao cheiro do produto. A maioria dos odores permanece por alguns dias. Ficar muito tempo utilizando o carro com um cheiro forte pode não ser muito agradável.

Quando fazer a hidratação

Esse ponto vai variar de acordo com tipo de couro, a cor e até da região do país (clima). Por exemplo, em regiões quentes onde o uso do ar-condicionado é algo inevitável, a hidratação pode ser feita de 2 em 2 meses, uma vez que a baixa umidade no interior do veículo provoca o ressecamento do couro. Já em regiões de clima mais frio e úmido, a aplicação pode ser realizada a cada 4 meses.

Além disso, ainda temos a questão da cor: couro mais claro requer um prazo menor para limpeza e, consequentemente, menos tempo para a hidratação.

Conclusão

Não é difícil aplicar essas técnicas para manter a qualidade do couro dos bancos de seu carro. O essencial é cautela na hora de escolher e aplicar os produtos. Evite também receitas absurdas como usar hidratantes corporais para hidratar o couro.

Veja mais dicas como essa no blog da 123carros. Compartilhe esse post com seus amigos em suas redes sociais preferidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *