Seu carro está consumindo mais combustível do que deveria?

Se seu carro está consumindo mais combustível do que deveria, nós estamos aqui para te ajudar!

É muito comum que, em determinado momento, os carros comecem a consumir mais combustível do que normalmente consumiam. Isso é ruim tanto para o veículo, quanto para as economias do dono. Afinal, além de uma série de outros custos para manter um carro, o preço dos combustíveis tem subido cada vez mais.

Mas fique tranquilo(a), preparamos esse material para te ajudar a identificar possíveis causas para esse problema. É importante mencionar que, caso você não tenha experiência para realizar reparos no seu veículo, leve-o para um especialista.

Existem alguns fatores que influenciam para que a autonomia do carro piore, mas a mais comum é  reflexo de como o motorista dirige. Se você acredita que é o seu caso, recomendo que também leia esse artigo com 13 dicas para economizar combustível.

Confira abaixo alguns fatores que contribuem para esse consumo excessivo:

Peças de ignição: Vela, Bobina ou os Cabos de Vela

A vela, a bobina e os cabos são partes cruciais responsáveis pela ignição do veículo. Essas 3 peças trabalham juntas para criar a faísca que inicia a queima de combustível e faz o motor funcionar, então se alguma dessas peças estiver com problemas, é comum que o carro consuma mais combustível do que o normal.

A bobina cria a corrente elétrica que, através dos cabos de vela, chega até a vela, que gera a faísca. Se alguma dessas partes estiver funcionando mal, o carro perde potência e tende a ter falhas. Além disso, o veículo deixa de queimar parte do combustível, passando a desperdiçá-lo, o que causa a piora no rendimento e prejudica a eficiência do motor.

A parte boa é que, normalmente, consertar ou trocar essas peças não são processos caros.

Filtros de Ar, de Combustível e de Óleo

Essas são peças que interferem diretamente no funcionamento do motor. Os filtros de ar e combustível são responsáveis pela mistura de ar e combustível que entram na câmara de combustão.

Se os filtros não forem trocados no prazo, é possível que entrem resíduos na mistura da combustão. Isso faz com que esse processo seja prejudicado e perca eficiência, o que causa um aumento no consumo de combustível. Se o problema for o filtro de ar, a falta de ar na mistura faz com que parte do combustível não seja queimada, sendo assim desperdiçada.

Sonda Lambda

Motores a combustão só funcionam bem quando a mistura correta de ar e combustível é feita. A sonda Lambda é uma das peças mais importantes para manter o equilíbrio entre esses dois elementos.

Trata-se de um sensor que mede se a mistura entre combustível e oxigênio está correta. Ela fica posicionada no começo do sistema de escape, antes do catalisador, onde consegue medir, através da composição do gás que é produzido, se há esse equilíbrio. A partir da medição dos gases, a sonda emite um sinal para outros componentes do sistema de injeção eletrônica. Então, a quantidade de cada um dos elementos é ajustada conforme a leitura da sonda.

É comum que, caso essa parte esteja com defeito, a mistura saia desbalanceada. Ou seja, ou o combustível ou o oxigênio estarão desajustados, e isso causa ineficiência no motor. Dessa forma, o carro consome mais combustível para responder.

Escapamento

O escapamento também tem influência direta no consumo de combustível do carro.

O sistema de escape foi projetado para dar vazão aos gases produzidos com a queima do combustível. E quando não funciona direito, deixa de liberar os gases na quantidade necessária. Isso aumenta a pressão do sistema, e faz entrar menos oxigênio para a câmara de combustão. Como explicamos no tópico acima, se entra menos oxigênio na combustão, parte do combustível é desperdiçada.

Direção

A causa mais comum da piora na eficiência do combustível é provocada por maus hábitos na condução.

Entre eles, estão o famoso mito de andar com o carro no ponto morto (temos um artigo falando mais sobre isso também) que não só não economiza, como gasta mais combustível ainda. Há também os motoristas que adoram “arrancar” assim que o sinal abre, mas isso também aumenta bastante o consumo do carro. Além disso, alongar marchas (esperar o giro subir muito) antes de trocar faz o carro consumir mais, especialmente na 1ª e 2ª.

Quando o carro estiver em uma subida, use o freio para pará-lo. Também é muito comum que os condutores tentem parar o carro usando o acelerado em rampas. E claro, isso faz o carro consumir combustível, que não seria consumido se o carro estivesse parado com o freio.

Conclusão

Essas são apenas quatro possíveis razões para a ineficiência do combustível de um veículo. E, apesar de problemas pequenos, podem ser muito prejudiciais ao carro e ao proprietário se não forem resolvidos. Como dissemos acima, a nossa recomendação é levar o veículo a algum especialista para que ele avalie e solucione o problema.

Se você gostou desse material, fique ligado no Blog que tem conteúdo novo toda semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *