O básico dos carros: descubra quais são as diferenças entre os tipos de carro no mercado

Atualmente existem muitos tipos diferentes de carros, e para quem não entende muito a respeito é difícil diferenciar. E isso só piora na hora de escolher um carro para comprar. Fazendo que normalmente quem não entende passar vergonha em algumas situações. Por isso, vamos explicar o básico sobre todos os diferentes tipos de carro.

Se você parar para pensar os automóveis estão sendo vendidos desde o 1904! Sim, há 114 anos esses pedaços de metal com rodas movidos por um motor são vendidos.

E ao longo desses anos, as montadoras sempre tentaram adaptar os carros vendidos aos gostos e desejos dos motoristas. Criando diversos tipos, modelos, categorias, versões e variações.

Veja abaixo quais são os principais tipos de carros vendidos atualmente:

 

Hatch ou Hatchback:

Com design mais esportivo, os hatches são o tipo de carro mais compacto no mercado.

Por definição, são carros que tem a o porta-malas integrado com a parte onde vão os passageiros. O compartimento de bagagem se junta com o teto, ou seja, a parte traseira é conectada.

Além disso, o bagageiro tem porta com vidro.

Não existe forma melhor de explcar o que é um hatch do que mostrar uma imagem:

Prós:

Em geral, são carros mais baratos, porque as montadoras tendem a oferecer modelos menos luxuosos como hatch.

Para quem vive em grandes cidades e preza por um carro mais compacto e prático, são uma das melhores opções. Isso facilita para estacionar o carro na rua pois ele cabe em mais vagas, que carros maiores não caberiam.

Como normalmente são carros mais leves eles não precisam de motores tão potentes para serem ágeis e terem boa performance. Por causa disso tendem a ser os mais econômicos dentre as outras categorias.

Contras:

A carroceria e o fato de serem compactos refletem diretamente no tamanho do bagageiro. Apesar de alguns hatches maiores como o Focus e o i30 terem porta-malas maiores, não são ideais para quem precisa de espaço.

O que joga  a favor por um lado joga contra por outro… Como esses modelos costumam usar motores mais econômicos, salvas alguma excessões, são menos potentes.

 

Sedan

Sedans são os carros tradicionais cuja silhueta é normalmente usada para simbolizar um carro.

O visual desse tipo de carro é naturalmente mais elegante do que a maioria dos outros. Além disso, são maiores e mais imponentes, por isso o sedan é visto, no Brasil, como um carro “de tiozão”.

O ponto que caracteriza e diferencia o sedan é que o bagageiro é uma parte separada dos passageiros. Ou seja, o porta-malas não é acessível de dentro do carro, é necessário sair para abri-lo.

Assim como o hatch, a melhor forma de explicar é mostrar uma imagem:

Prós:

O compartimento de bagens separado dos passageiros normalmente possibilita que o motorista leve mais bagagem e mantenha o conforto.

Pontos chave a favor dos sedans são justamente o conforto, e estabilidade do veículo.

São mais pesados comparando com os hatches, e mais longos, o que faz ser mais estável em estradas, por exemplo.

Na maioria dos casos, são mais luxuosos e equipados.

Contras:

São carros maiores e mais compridos, o que pode causar alguns desconfortos para quem anda muito na cidade.

Alguns modelos são carros pesados, que mesmo com motores mais potentes não são ágeis. E consomem bastante combustível.

Outro ponto negativo é o preço, carros sedan são normalmente mais caros. Muitos modelos, como o Etios, Fiesta, HB20 e o Cruze têm versões hatch e sedan. E as versões sedan são sempre mais caras.

 

Cupe/ Coupé

O termou coupé vem de origem francesa, e quer dizer “cortado”. A principal característica desse tipo de carroceria são as duas portas.

Outra característica chave dos cupê é o teto rígido fixo. É comum ver modelos tradicionalmente sedan com versões cupê, como as BMW M3 antigas.

Mesmo que costumem ser carros de 2 assentos, é comum ver os cupês 2+2 no mercado. Os cupês 2+2 são os que vem com 2 assentos para passageiros, podendo trasnportar até 4 pessoas.

Prós:

São veículos mais esportivos, com design mais agressivo do que os sedans. Costumam ter bom espaço de porta-malas pois o a estrutura é muito próxima de um sedan.

Podem ser uma ótima opção para quem não tem filhos e gosta de carros mais esportivos.

Contras:

Não são práticos para levar passageiros. O fato de ter apenas 2 portas dificulta a entrada de passageiros (isso se o veículo tiver os 2 assentos atrás).

 

Wagon ou Perua

Esse são normalmente conhecidos como “carros de mãe”.

E são a basicamente um sedã com traseira de hatch. Apesar de ser confuso, é uma boa definição, e vou explicar porque.

Os carros perua normalmente usam as plataformas de carros sedan, só que o porta malas é conectado ao teto.

Assim como os hatches, a porta do bagageiro tem um vidro e é ligada ao teto e tem o comprimento de um carro sedan.

A principal característica das peruas é o grande espaço de bagageiro. Como explicamos acima, o fato de ela ter a estrutura do porta-malas ligao ao teto aumenta muito a capacidade de carga.

Prós:

A capacidade de carga é sem dúvida o principal ponto forte desse carro.

Outro ponto muito bom sobre esse tipo de carro é que eles tem uma dirigibilidade muito boa. Assim como os sedans, o centro de gravidade deles é baixo. Se comparar com um SUV, uma perua é muito mais agradável de dirigir.

Para quem tem mais de um filho, e costuma viajar com frequencia (e usa estradas bem pavimentadas) esta é a melhor opção de veículo.

Como se esse pontos já não bastassem, as peruas são mais econômicas do que os SUVs, porque são mais leves. Logo não precisam de motores tão potentes para entregar a performance ideal.

Contras:

Elas estão em estinção.

Devido ao grande crescimento na procura por SUVs, as montadoras têm gradualmente dado menos atenção a esses carros.

Infelizmente esse tipo de carro não caiu no gosto dos brasileiros (pelo menos não o suficiente para vender bem). E isso faz com que as montadoras não criem tantos modelos perua.

São carros em geral mais difíceis de serem revendidos por causa dessa baixa procura.

SUV

É a abreviação para Sport Utility Vehicle, que quer dizer veículo utilitário esportivo. Nessa definição, é a junção entre utilidade e esportividade.

Esse tipo de veículo mistura o conforto e com o preparo para andar em qualquer terreno. Esse tipo de veícuo evoluiu das picapes, quando as montadoras perceberam que os consumidores queria mais conforto e uma cabine fechada.

São parecidos com as peruas na estrutura, mas a maior diferença é a altura do chão. Por terem nascido dos veículos fora da estrada, são carros altos e muitas vezes com tração nas quatro rodas.

Atualmente a procura por carros dessa categoria cresceu muito. E as montadoras tem focado muito esforço em fazer desses seus produtos mais vendidos.

Prós:

Em função do amplo espaço interno e do bagageiro, são carros confortáveis.

Também são carros bons para usar no Brasil, onde a pavimentação das ruas é ruim e são cheios de buracos. E por serem carros altos e com suspensões mais preparadas, sofrem menos com isso.

O mercado de SUVs está bombando atualmente, ou seja, existem muitas opções disponíveis e a revenda é fácil.

 

Contras:

O fato de serem carros grandes, faz que sejam pesados. E por isso precisam de motores mais potentes para movê-los, que causa um consumo de combustível maior. Alias, essa é a principal queixa dde quem possui um SUV, o grande gasto com combustível.

Outro contra é que eles são um dos tipos de veículos mais caros. Isso porque as montadoras colocam mais acessórios e equipamentos, e pelo fato do motor ser maior e mais forte.

Como são veículos mais altos, são mais instáveis do que os outros tipos. Ou seja precisam de mais cuidado an direção pois são mais fáceis de capotar.

 

Minivan

Esse é o tipo de veículo para famílias grandes! Criadas para transportar de 7 a 8 passageiros.

Os assentos ficam divididos em 3 fileiras, sendo normalmente 2-3-2 ou 2-2-3. Dessa forma os passageiros conseguem ficar confortaveis enquanto viajam.

Como o nome indica, são versões menores das Vans, que normalmente tem capacidade para até 15 passageiros. As minivans foram criadas como uma versão mais prática e para uso diário.

Não são muito comuns de serem vistas, porque normalmente são muito caras aqui no Brasil.

Temos um artigo que fala um pouco sobre as melhores opçoes de minivans no mercado. Confira!

Prós:

A maior vantagem desse tipo de veículo é a capacidade de transportar muitos passageiros. E a praticidade, por ser um veículo projetado para isso.

As portas que correm nas laterais e outros elementos que carros dessa categoria equipam são exemplos dessa praticidade.

O conforto para fazer viagens em um carro assim é outro ponto a favor dessa categoria. Pois todos os passageiros tem espaço de sobra, além do carro ser bem equipado.

Contras:

São 3 pontos de atenção antes de optar por comprar uma minivan.

É um carro dificil de vender. Como são poucos os modelos disponíveis, e são em geral carros caros, o mercado para esse tipo de carro é pequeno.

O preço é um dos maiores obstáculos pois a maior parte delas custa mais de 100 mil reais 0km.

Consumo alto de combustível e altos custos de manutenção. O motor tem de ser potente para que o carro tenha um bom desempenho, logo não é muito ecnonômico. E os custos de seguro e manutenção costumam ser bem altos.

Picapes

Esse é possivelmente um dos tipos de carro mais obvios de identificar. Sendo a principal característica a caçamba na parte de trás do veículo.

Existem algumas variações entre as picapes, como as de cabine simples e de cabine dupla, com capacidade para mais passageiros. As de cabine simples por sua vez têm capacidade para 2 passageiros.

Além dessas, existem opções com tração nas 4 rodas e opções de picapes pequenas como a Saveiro ou a Montana.

É quase desnecessário falar que esses são os carros mais indicados para quem transporta cargas grandes. Pois o bagageiro/ caçamba comporta muito mais carga que qualquer outro tipo de veículo de passeio.

Prós:

A grande capacidade de carga é certamente o maior ponto forte.

Costumam também ser um tipo de veículo que é preparado para andar em terreno não asfaltados sem difiuldade. Afinal muitas possuem opções com tração integral e suspensão já reforçada para aguentar o peso.

Contras:

Os motores quando não são movidos a Diesel, normalmente consomem muito combustível.

Em função da estrutura do veículo as picapes são carros relativamente instáveis para andar em altas velocidades, como em estradas.

O peso delas se concentra muito na parte da frente, e a caçamba quando não está carregada é leve. E essa má distribuição de peso fazem dessa categoria de carros ter uma estabilidade pior.

 

Conclusão

 

Apesar de termos listado só 7 categorias, a variedade de modelos disponíveis no mercado é imensa.

Com carros em todas as faixas de preço, com inúmeras opções de opcionais e diversas versões diferentes de cada modelo, é facil concluir o quão difícil é escolher um carro para comprar.

Nossa sugestão é sempre levar em consideração os pontos fortes e fracos de cada categoria, o preço que você está disposto a gastar.

E claro, não se esquecer de avaliar quais são suas necessidades e como e para que você vai usar o carro.

Esquecemos de algo?

Se você gostou desse material, fique ligado que toda semana tem um conteúdo novo no nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *